terça-feira, 8 de abril de 2008

Que a Etnografia Minhota Venha à Tapada das Necessidades...



Foi no domingo passado que passaram diante do Jardim da Praça da Armada, grupos etnográficos originários de uma terra pródiga em verde, símbolo de pureza e abastança, que contribui substancialmente para a subsistência dos seus filhos - O Minho.
O Folclore nacional na sua diversidade encanta os lisboetas, que também têm as suas marchas populares em Junho.
Mas estas memórias, este património que desfilou nas ruas da freguesia dos Prazeres é de todo o tempo, eterno como os melhores sonhos do ser humano.
Ao ver essa juventude em cortejo, mostrando costumes e tradições, alguns de nós perguntámo -nos, sem resposta: E para quando um espectáculo destes amigos, da Casa do Minho, na bela Tapada das Necessidades?
Foto e texto: LFM

Sem comentários: