domingo, 28 de setembro de 2008

O GATN interveio na Assembleia de Freguesia dos Prazeres


Na passada quinta-feira uma representação do Grupo assistiu à Assembleia de Freguesia dos Prazeres, tendo um dos elementos feito a intervenção que se transcreve:

"O Grupo dos Amigos da Tapada das Necessidades quer enaltecer junto dos senhores representantes eleitos pela população o reconhecimento, por parte de duas entidades públicas, que solicitaram a nossa participação, no âmbito da intervenção comunitária.
São essas entidades a Câmara Municipal de Lisboa, através do vereador Sá Fernandes, para ouvir a nossa opinião sobre a recuperação da tapada e a Junta de Freguesia dos Prazeres, cujo presidente nos reconhece legitimidade para integrarmos a Comissão Social de Freguesia."
Transcrevemos a propósito, a notícia divulgada no anterior post do nosso blogue, concluíndo assim:
"Gostaríamos de partilhar estes dois exemplos, tão estimulantes e compensadores para a nossa actividade, que implicou muitas horas de reunião, abdicando do nosso descanso pautando-nos por uma actuação consequente, em prol da Comunidade a que pertencemos.
A união voluntária das pessoas, em torno das sociabilidades de vizinhança e dos ideais ambientais, mostra que o associativismo continua a ser essencial para a melhoria da qualidade de vida e o desenvolvimento da cidade e do país e prova que cada um para seu lado não leva a lado nenhum, a não ser fazer o jogo dos senhores que falam, falam e não resolvem nada."
LFM

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

GATN recebido pelo vereador Sá Fernandes




Os Amigos da Tapada das Necessidades, através de quatro representantes, eleitos em reunião do Grupo reuniram no passado dia 20, às 15 horas, na Câmara Municipal de Lisboa, no gabinete do sr. Vereador Sá Fernandes.

Após esse encontro, houve reunião alargada no Grupo Português de Excursão e Recreio, para transmitir aos restantes elementos os resultados da conversa tida com o vereador que apresentou o seu projecto de recuperação daquele espaço verde.

O GATN tornou a reunir ontem, para preparar um texto, a apresentar ao vereador, com a posição destes cidadãos, os quais, por unanimidade, aprovaram o documento final.
O Grupo dos Amigos da Tapada das Necessidades congratula-se com o facto de ter sido ouvido pela CML, realçando que estará sempre disponível para reflectir e aconselhar acerca dos problemas da Tapada, tentando contribuir com as suas opiniões, para uma fruição daquele espaço sem escolhos.

Fotografias de Rosário Fernandes; texto de LFM