terça-feira, 14 de julho de 2009

Mais um documento sobre a Tapada das Necessidades



Guia dos Parques, Jardins e Geomonumentos de Lisboa

Edição da Câmara Municipal de Lisboa e Produção da Naturterra, Junho de 2009

Este novo livro contempla a Tapada das Necessidades e o Jardim Olavo Bilac, designando a Tapada como “um dos mais importantes jardins de Lisboa, com muitos segredos para contar”.


Com uma pequena rubrica de informações úteis no início, 2 páginas inteiramente dedicadas à história da Tapada e um mapa, onde se pode ver a localização de algumas espécies arbóreas referidas ao longo do texto, bem como os vários locais de possível visita na Tapada.


De salientar e relativamente às espécies arbóreas o texto sobre “um grande teixo”. “Árvore originária da Europa, Norte de África e Sudoeste da Ásia...”,”...que pode viver até aos 2.000 anos…” da qual se pode extrair “...o taxol, substância...” tóxica que “...tem sido utilizada na luta contra o cancro.” ”A sua madeira…” devido à “… boa qualidade e dureza…” é utilizada “...no fabrico de mobiliário e as suas raízes na construção de arcos de violino.”


Várias espécies são descritas e localizadas através do mapa, no final do texto, a par de algumas fotografias que mostram a beleza do espaço.

Ficou apenas esquecida a descrição do Jardim dos Cactos, considerado como um dos melhores da Europa, talvez para uma próxima edição?!

O Guia dos Parques, Jardins e Geomonumentos de Lisboa, está à venda na Livraria Municipal em Lisboa e na loja Fnac do Chiado.


Carlos Bolacha


1 comentário:

Ana disse...

Gostaria de saber qual a razão da colecção de cactos da Tapada das Necessidades ser considerada uma das melhores da Europa. Sabe da existência de algum documento que a descreva ou que a classifique como tal?
obrigada

Ana