quinta-feira, 3 de setembro de 2009

MAIS UMA VITÓRIA DOS AMIGOS DA TAPADA


Com esta notícia atingimos as 100 Mensagens, número celebrado com uma novidade feliz para todos os que amam a nossa Tapada.

*****

Ontem, na Sessão da Câmara Municipal de Lisboa, quando se começou a discutir a 16ª Proposta, da autoria do Vereador do Urbanismo, que há umas semanas atrás tinha sido agendada - e retirada - foi dada a palavra ao proponente, que defendeu obras de ampliação da Escola (provisória há 70 anos) Fernanda de Castro.

*****

O objectivo seria acrescentar uma creche da Santa Casa da Misericórdia, à custa do abate de árvores centenárias e de uma pressão ambiental que iria degradar - com esse golpe final - o belo espaço verde, que tem vindo a ser retalhado por entidades diversas, que ali construíram um inestético edifício do Ministério da Defesa Nacional e destruíram as cocheiras do Palácio para multiplicar estacionamentos do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

*****

O Presidente da Junta de Freguesia dos Prazeres, Engº Magalhães Pereira evidenciou, em relato partilhado com este blogue, a postura convergente na salvaguarda da Tapada, por parte dos diversos grupos políticos (Cidadãos por Lisboa de Helena Roseta, Lisboa com Carmona, PSD e PCP) e a atitude do Presidente da Câmara, que foi sensível aos argumentos, retirando a proposta nº 16 e recomendando a Manuel Salgado que falasse com a SCML, no sentido da solução não atentar contra aquele património verde da cidade, dado que aquela instituição possui um vasto património de imóveis em todas as freguesias.

*****

Magalhães Pereira considerou este acontecimento uma grande vitória.

*****

Pela nossa parte tudo fizemos para evitar o descalabro.

Efectivamente, o GATN reuniu de urgência quando soube da intenção que a proposta 16 configurava e produziu uma intervenção na sessão pública camarária, designando Laurindo Santos para a apresentar (que no final da intervenção e falando em nome do Grupo mostrou disponibilidade para reunirmos com o Vereador do Ambiente e Espaços Verdes, José Sá Fernandes, pois há que encontrar soluções para inúmeros problemas, que continuam com um futuro indefinido...)

*****

Todos os partidos e grupos, representados na CML, receberam atempadamente uma mensagem do GATN alertando para a perda colectiva que resultaria de uma decisão favorável.

*****

Triunfou o bom senso. Lisboa está de Parabéns e a Tapada, com o seu arvoredo magnífico, as suas memórias de pedra e a irrevereência dos seus habitantes, saltitões e ladinos, bem pode - poeticamente, - sorrir para o céu dos dias futuros.

LFM/GATN

Sem comentários: