terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Orçamento Participativo*



A Tapada das Necessidades estava contemplada no Orçamento Participativo, cuja votação se fazia pela Internet e era suposto terminar no passado dia 20.

Ao que parece e pela mensagem que o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa difundiu dia 18, o processo vai voltar ao ponto zero, no que respeita à opinião popular, ou seja, vamos ter de voltar a votar.

Aqui fica a notícia:



Anulação da 2ª Fase do Orçamento Participativo

A Câmara Municipal de Lisboa foi alertada por cidadãos participantes na 1ª fase do Orçamento Participativo (OP) para a existência de propostas apresentadas nesta fase que não surgiram na lista de projectos colocados à votação.

Analisadas as situações identificadas, foi detectada uma avaliação inadequada por parte dos serviços da CML relativamente a algumas propostas apresentadas, que teriam condições para virem a ser transformadas em projectos e colocadas à votação.

Face a esta situação a CML decidiu anular, hoje, dia 18 de Dezembro, a 2ª fase do OP. O objectivo é colocar novamente à votação dos cidadãos de Lisboa a lista de todas as propostas apresentadas que cumpram os critérios previamente definidos.

Assim, a 2ª Fase do OP (votação de projectos) voltará a estar operacional no período entre 30/12/2009 a 15/01/2010.

*Notícia comentada e recolhida por LFM

Sem comentários: