segunda-feira, 24 de maio de 2010

Visita ao Convento de São João de Deus




No passado dia 3 de Maio, o Grupo dos Amigos da Tapada das Necessidades teve a oportunidade de visitar as instalações do Convento de São João de Deus, situado na Rua Presidente Arriaga, a convite da Unidade de Trânsito da GNR, no dia do 99º aniversário da criação da Guarda Nacional Repúblicana.
A visita foi guiada pelo Sr 1º Sargento Dário Silva que nos mostrou algumas dependências do antigo Convento, nomeadamente as áreas em cujas paredes se encontram vários paineis de azulejos, infelizmente a grande maioria em parte danificada durante a ocupação francesa do Convento.
A visita concluíu-se com uma passagem pelo varandim que dá para o rio Tejo, deixando aos visitantes uma óptima expectativa.
De salientar ainda, na escadaria interior principal, o memorial aos militares da G.N.R. (Divisão, Brigada e Unidade de Trânsito) que faleceram em serviço.
Carlos Bolacha

quinta-feira, 13 de maio de 2010

VISITAS GUIADAS À TAPADA DAS NECESSIDADES


O Grupo dos Amigos da Tapada das Necessidades propõe-lhe uma visita guiada à Tapada das Necessidades nos primeiros domingos de cada mês, entre Junho e Outubro.
Encontro pelas 15h00 junto da Portaria Sul da Tapada das Necessidades, no Largo das Necessidades, freguesia dos Prazeres.

Texto: CB; Foto:LFM

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Memórias da Tapada das Necessidades (Anos 40)















Com a preciosa ajuda do nosso amigo engenheiro Saraiva, divulgamos hoje sete imagens da Tapada nos anos 40.
Desde a estatuária, então incólume, às espécies arbóreas, passando pelos viveiristas, a Tapada foi cenário para as cegonhas que existiam em Lisboa ali pousarem e passearem em bando.
(Fotografias enviadas por JPS)

domingo, 2 de maio de 2010

Visita à Tapada convocada a partir do Facebook










Esta tarde, o Grupo dos Amigos acompanhou novos amigos, oriundos da página do Facebook e convocados para um passeio na Tapada.
Foi um encontro muito simpático, com os participantes muito interessados em conhecer este belo parque e passar a palavra e até com vontade de ajudar a encontrar soluções e apoios.
No relvado junto à estufa, encontravam-se inúmeros adultos, que com as suas crianças piquenicavam, divertindo-se com jogos.
Os novos visitantes percorreram grande parte dos 10 hectares, conhecendo a história do espaço e a situação actual, notando-se alguma reparação de caminhos, já realizada pela Câmara Municipal de Lsboa.
No momento da despedida, Carlos Bolacha, que guiou os visitantes com informações detalhadas de grande qualidade, e Maria Ana, ofereceram, em nome do Grupo, recipientes com girassóis bébé.

Texto e fotos de Luís Filipe Maçarico