domingo, 23 de outubro de 2011

A Tapada das Necessidades acompanhada desde as Ilhas Reunião


Amiga da Tapada enviou-nos esta mensagem:

Envio uma parte do mail que recebi da minha amiga A, que até ao fim do ano estará nas Ilhas Reunião a trabalhar. Estão sempre ao corrente do que se passa por aqui. Como bons fregueses, Amigos da Tapada, já assinaram a petição. A Tapada já é conhecida até no Oceano Índico.......... F

Transcreve-se o texto referente à Tapada, oriundo das Ilhas Reunião:

"Bonjour, je viens de signer la pétition en donnant mon adresse de la Réunion.Ainsi la municipalité comprendra que ce lieu est connu et mérite mieux qu'un restaurant! ......encore un de plus!Un restaurant de luxe, j'imagine et un parking pour ces messieurs!Plus la crise est forte pour nous tous, plus les profiteurs s'acharnent à conserver leurs privilèges!

José me dit qu'il signera la pétition cette semaine.

Bises A."

sábado, 22 de outubro de 2011

Aniversário da Escola Fernanda de Castro


Respondendo ao amável convite da Junta de Freguesia dos Prazeres, o GATN teve o prazer de estar presente na festa de comemoração dos 73 anos de existência da Escola Fernanda de Castro na Tapada das Necessidades.
Aqui fica um pequeno apontamento do acontecimento.
Pinto Soares
20/10/2011

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

AINDA O RESTAURANTE DE QUALIDADE SUPERIOR NA TAPADA DAS NECESSIDADES. POSSÍVEL PUBLICIDADE ENGANOSA POR PARTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA.


A notícia publicada no “e-pólen”, jornal do “Ambiente e Espaços Verdes” da CML., de Outubro de 2011, e o “quiosque” que a ilustra, podem revestir uma forma de publicidade enganosa para o leitor, fazendo crer que o restaurante de qualidade superior que a Câmara Municipal de Lisboa pretende instalar na Tapada das Necessidades, afinal não é mais do que um simples “quiosque” para servir os frequentadores habituais e os visitantes ocasionais da Tapada e, portanto, sem os impactos negativos que o GATN tem vindo a denunciar (construções novas, circulação e estacionamento de automóveis, esventramento do solo para a ligação de esgotos à rede geral, barulho até às 02,00 H da madrugada, etc.).
Ora, o que o concurso público diz, entre outras coisas, é o seguinte:

“A intervenção a realizar no conjunto que compõe o antigo Jardim Zoológico compreende a criação das condições necessárias à instalação e funcionamento da referida unidade de restauração de qualidade superior, esta reflectida necessariamente, quer nas opções gastronómicas, quer no respectivo serviço, instalações, mobiliário: o que implicará a disponibilização de uma área total bastante superior à que existe na casa central (cerca de 90 m2) e nos cinco torreões anexos ( 25 m2 cada), na medida em que será necessário dispor, para além dos espaços dedicados às refeições, de instalações de preparação e confecção de alimentos, incluindo áreas técnicas de apoio – instalações frigoríficas, economato e copa - e, ainda de vestiário e instalações sanitárias de serviço e públicas.

Para o efeito pretende-se ampliar a área existente em cerca de 200 m2, através da construção de dois pavilhões laterais dispostos em simetria com a casa central.
Prevê-se ainda a instalação de uma esplanada exterior na frente do estabelecimento de restauração e bebidas, com uma área de implantação mínima de 36m2 x 2 e máxima de 50m2x2.

O referido estabelecimento de restauração e bebidas incluirá os seguintes espaços e capacidade de utilização:

- Salas para refeições, a instalar na casa central e respectivos anexos – cerca de 180 m2 e ocupação máxima de 100 lugares sentados;

- 5 salas para refeições, a instalar nos torreões – cerca de 25 m2x5 (área meia) e 12 lugares sentados cada;

- Áreas de preparação e confecção de alimentos, incluindo zonas técnicas de apoio - instalações frigoríficas, economato e copa – cerca de 80 m2;

- Vestiários e instalações sanitárias de serviço e públicas, a instalar na casa central;

- As instalações técnicas de apoio (AVAC, PT ,etc.) deverão ser colocadas no tardoz da casa central e dissimuladas com grelhas metálicas.”

Em resumo, o que a CML pretende para o Jardim Zoológico, não é um “quiosque” para apoio aos visitantes da Tapada, mas sim um restaurante de qualidade superior, que, para além das agressões ambientais, pouco ou nada terá a ver com os frequentadores da Tapada.

Ao GATN impunha-se prestar este esclarecimento.

João Pinto Soares (texto) LFM (Foto)

sábado, 1 de outubro de 2011

Visita Guiada de Outubro à Tapada das Necessidades



A Junta de Freguesia dos Prazeres - Lisboa

e o

Grupo dos Amigos da Tapada das Necessidades

Convidam

1º DOMINGO DO MÊS

2 de OUT

visita guiada

À TAPADA DAS NECESSIDADES

Encontro às 15H na Portaria Sul da Tapada Largo das Necessidades

Passeio pela História e Botânica da Tapada

participação gratuita

Fotografia:LFM/GATN